Um Ubuntu para deficientes visuais

O aprendizado de software livre é um dos mais tortuosos que conheço. Não entenda mal, caro leitor. Não estou afirmando que é difícil aprender ou difícil demais a ponto de desencorajá-lo. Aliás, em qualquer área do conhecimento, esforço sempre é necessário.

O ponto a que quero chegar é que, graças à efervescência de tecnologias, sistemas e gostos, o software livre tem diversos caminhos de aprendizado. Você sempre tem de escolher o que lhe é conveniente e seguir em frente. E o que dizer de alguém que tenha uma deficiência visual? Qual caminho escolher? A resposta parece bem difícil em um primeiro momento.

Para responder, leia abaixo a entrevista com os criadores do Linux Acessível. O programador Fabiano Garcia Fonseca, que utiliza GNU/Linux desde 1998, é o idealizador do projeto. É também o responsável pelas otimizações de acessibilidade. Seu fiel escudeiro, o programador André Brandão (Zandre Bran, como é conhecido) é o desenvolvedor do linuxacessivel.org. Sua contribuição na comunidade Ubuntu é notavel. Ele é membro do Ubuntu Brazilian Team (@ubuntu.com) e do Ubuntu Accessibility, líder do Ubuntu Brazilian Documentation Team e participante do comitê organizador do FLISOL Campinas.

Continuar lendo Um Ubuntu para deficientes visuais

Mozilla incentiva cultura livre

Quem baixa a nova versão do Mozilla Firefox se depara com um link para o projeto Mark Up. Trata-se de uma iniciativa artística digital para incentivar a colaboração e o acesso livre do conteúdo feito para a internet. Lawrence Lessig, autor de diversos livros sobre cultura livre e um dos fundadores da licença Creative Commons, define muito bem a inciativa:

Continuar lendo Mozilla incentiva cultura livre