Veja como aproveitar os descontos da Black Friday

Black Friday é um termo criado pelo varejo nos Estados Unidos para nomear a ação de vendas anual que acontece na sexta-feira após o feriado de Ação de Graças, que é comemorado na 4ª quinta-feira do mês de novembro nos Estados Unidos. A ideia vem sendo adotada por outros países como Canadá, Austrália, Reino Unido, Portugal, Paraguai e Brasil.

Há vestígios de que a denominação surgiu no início dos anos 90 na Filadélfia, quando a polícia local chamava de Black Friday o dia seguinte ao feriado de Ação de Graças. Havia sempre muitas pessoas e congestionamentos enormes, já que a data abria o período de compras para o natal. O termo já foi associado com a crise financeira que atingiu os Estados Unidos em 1869. Também passou a ser usado em 1966, por milhares de pessoas em torno do mundo,mas só se tornou popular em 1975 quando o uso do termo passou a ser conhecido por meio de artigos publicados em jornais, que abordavam a loucura da cidade durante o evento.

Veja as dicas para não agir como um consumidor idiota.

Continuar lendo Veja como aproveitar os descontos da Black Friday

PagSeguro dá dicas para os consumidores não caírem na Black Fraude

Seguem as dicas que o PagSeguro preparou para os consumidores não se dar mal nesta Black Friday.

Acompanhe a evolução de preço dos produtos

Em primeiro lugar, se você já sabe qual produto vai comprar na sexta-feira de descontos, comece a fazer um monitoramento do seu preço com antecedência. Nisso, já é possível saber, mais ou menos, o seu real valor de mercado. Tire prints do preço dos produtos, uma vez que algumas lojas aumentam os preços de seus itens dias antes da data para poder oferecer “descontos agressivos” durante a Black Friday.

Continuar lendo PagSeguro dá dicas para os consumidores não caírem na Black Fraude

Serasa dá dicas valiosas para comprar durante a Black Friday

Segundo o último indicador Serasa Experian de Tentativas de Fraude, referente ao mês de agosto, o mês registrou 5,1 mil tentativas de fraude por dia, nas quais os dados pessoais são usados por criminosos para firmar negócios sob falsidade ideológica ou obter crédito com a intenção de não honrar os pagamentos. No total, foram 158.563 tentativas, número é 6,6% superior ao apresentado em julho.

Continuar lendo Serasa dá dicas valiosas para comprar durante a Black Friday