FISL 14 homenageia ativista Aaron Swartz

Aaron Swartz Graphic

Com 4884 inscritos, começou hoje o maior evento de software livre do Brasil em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Há 14 anos o Fórum Internacional Software Livre tem tradição em apresentar ideias inovadoras, soluções tecnológicas e projetos de software livre, além de servir de ponto de encontro para a comunidade brasileira.

Continuar lendo FISL 14 homenageia ativista Aaron Swartz

Como acompanhar o FISL12 online

A décima segunda edição do Fórum Internacional do Software Livre começa hoje com 4837 participantes registrados, 2674 participantes a menos que o ano passado, em Porto Alegre.

Para quem não pode ir até o centro de eventos da PUCRS, a cobertura online acontece via TV Software Livre e Rádio Software Livre. Quem está no evento, este ano há uma novidade. A Empresa Cobra tecnologia montou um sistema de avisos via SMS. Abra o leitor de QRCode e aponte para o site: http://www.cobra.com.br/sms/

Já que os ataques chamaram atenção para segurança da informação, sugiro acompanhar os palestrantes:

Jacob Appelbaum – Pesquisador de segurança, membro do núcleo do projeto Tor (anonimato na internet);

David Mirza – Membro fundador da Security Focus, adquirida em 2002 pela Symantec;

Jeremy Allison – Programador que contribui muito com o projeto Samba e é conhecido por criar o software pwdump (cracker de senhas antigo);

Alexei Vladishev – Criador do software de monitoramento Zabbix.

Hardware de Linuxista

Os participantes dos grupos de usuários, comunidades e projetos de software do Fórum Internacional de Software Livre (FISL), que acontece nesta semana em Porto Alegre, adotam notebooks como máquinas principais. A preferência da maioria não são equipamentos potentes. O foco é no custo/benefício. São raros os casos de notebook de topo de linha.  Em geral, a turma do software livre prefere notebooks com chipset Intel, processador Core 2 Duo e placa de vídeo Nvidia. Mesmo tendo parte do driver proprietário, a Nvidia é preferida por ter aceleração gráfica mais poderosa. Mas há quem use placas integradas Intel, como o chipset GM965.

Continuar lendo Hardware de Linuxista

O que esperar do FISL 9.0

Como de costume, é um paraíso de nerds — no bom sentido, é claro. Estarão lá entusiastas, defensores xiitas, gênios da programação e criadores de comunidades e aplicações do universo FOSS (Free and Open Source Software). O evento está separado em alguns segmentos: palestras, trabalhos acadêmicos, feira, arena de programação e arena de arte livre.

Continuar lendo O que esperar do FISL 9.0