Smartphone avançado LG G5 ataca de estrutura modular

Se há algo que a Mobile World Congress deste ano está nos ensinando é que há muito espaço para inovação. A Samsung não deve reinar absoluta com o S7 ou S7 Edge se depender da LG. O novo smartphone LG G5 vem com uma estrutura modular que permite remover parte do aparelho e substituir por outra com maior serventia para a ocasião.

Continuar lendo Smartphone avançado LG G5 ataca de estrutura modular

PuzzlePhone pede ajuda para ser o primeiro smartphone modular

Enquanto o Google referenciar o seu smartphone modular como “Projeto” Ara, haverá espaço para outras empresas usarem a mesma ideia. Aliás ter um smartphone em que é possível fazer upgrade sem gastar todas as economias parece razoável. É nisto que os finlandeses do PuzzlePhone apostam.

O grupo de pesquisadores criaram um modelo de smartphone dividido em três partes: cérebro, espinha e coração. A primeira parte abrigará processador, memória, armazenamento e câmera (componentes que evoluem rápido). A segunda guardará a tela e outros componentes com vida relativamente prolongada. Já a terceira parte terá a bateria e algum outro componente que se faça necessário.

Segundo os proponentes, a empreitada terá sucesso independente do financiamento coletivo do IndieGoGo. Isto porque eles já receberam investimento. O detalhe curioso é a situação da industria naquele país. 100 unidades de um smartphone podem ser produzidos. Em um ambiente de produção geralmente é em larga escala. Esta possibilidade pode fazer com que vejamos em breve diversas empresas como a Nokia foi um dia (eles podem testar todas as possibilidades).

A configuração inicial sugerida é:

– Tela de 5 polegadas full HD;
– Câmera frontal de 5 megapixels;
– Câmera traseira de 12 megapixels com LED Flash;
– Processador ARM de 64 bits com 8 núcleos (Snapdragon 810 provavelmente);
– Armazenamento de 16,32 e 64 GB;
– 4 G LTE, NFC, Bluetooth LE 4.2, Wi-Fi 802.11ac;
– Memória RAM de 3 GB;
– Bateria com capacidade de 2800 mAh.

Lógico que isso vai deve mudar a medida que os componentes forem aprimorados. Veja uma demonstração:

Leve o Linux no bolso

O Slax é uma distribuição customizada para ocupar pouco espaço, mas se engana quem acredita que ela possui poucos recursos.

A instalação mínima do Slax 6.1.2 ocupa aproximadamente 200 megabytes e vem com o ambiente gráfico KDE 3.5.1.  Quase todas as aplicações presentes são tradicionais deste ambiente.Por exemplo:

•    Kopete 0.12.7 – Cliente mensageiro multiprotocolo;
•    Akregator 1.2.9 – Agregador RSS;
•    KWord 1.6.3 – Editor de textos;
•    Kpresenter 1.6.3 – Software de apresentação;
•    KSpread 1.6.3 – Planilhas de cálculo;
•    KPlayer 0.6.3 – Player multimídia, recheado de codecs.

Continuar lendo Leve o Linux no bolso