Com números fracos no Brasil, Xiaomi Redmi Note 3 arrasa na Índia

A Xiaomi pode ter vendas em queda na China e no Brasil, onde não traz novidade há algum tempo, mas dados do IDC, referentes ao segundo quarto de 2016,  demonstram que o RedMi Note 3 é disparado o mais vendido online da Índia.

Continuar lendo Com números fracos no Brasil, Xiaomi Redmi Note 3 arrasa na Índia

Motorola acusa Samsung de ter roubado recurso Always On Display

Em um post na rede social Twitter a Motorola deixou claro que a concorrente Samsung havia roubado o recurso Always On Display, ou melhor dizendo o recurso que exibe informações na tela, mesmo com o dispositivo bloqueado.

Continuar lendo Motorola acusa Samsung de ter roubado recurso Always On Display

Acessório de smartphone promete visão além do alcance

Não se trata de um clone da espada justiceira do Thundercats, embora tenha predicados semelhantes. O gadget chamado Walabot vai conectado ao smartphone por um ímã e promete recursos de detecção poderosos, como medição de distância de objetos, monitoramento da respiração, rastreamento de pessoas que detecta inclusive quando alguém cair. A cereja do bolo é a capacidade de ver através das paredes. No ajuste fino você define a profundidade para descobrir encanamentos e fiações no meio da parede.

Continuar lendo Acessório de smartphone promete visão além do alcance

One Plus 3 chegará primeiro em loja de realidade virtual

Misturar as palavras chave (buzzword) como se fossem um reunião (brainstorm) de marketing é algo que a chinesa One Plus faz com galhardia. Desta vez porém, a fabricante abandonou seu modelo de compra por convite, utilizada nas duas versões anteriores de seu smartphone. No dia do lançamento todos poderão comprar online.

Continuar lendo One Plus 3 chegará primeiro em loja de realidade virtual

Lenovo lançará primeiro smartphone com o projeto Tango dia 9 de Junho

Anunciado oficialmente na última Mobile World Congress, a primeira fabricante a lançar um smartphone com a tecnologia do projeto Tango será a Lenovo. E agora a empresa avisa o mercado que o smartphone será lançado dia 9 de Junho no evento Lenovo Tech World, que ocorre em San Francisco.

Continuar lendo Lenovo lançará primeiro smartphone com o projeto Tango dia 9 de Junho

Café preguiça: Nova Nespresso é controlada pelo smartphone

A marca de cafeteiras por cápsulas Nespresso acaba de anunciara sua máquina conectada Nespresso Prodigio. Com um repositório de cápsulas e conexão Bluetooth é possível solicitar café remotamente. Para costumeiros consumidores, há também a possibilidade de agendamento da hora do cafezinho.

Continuar lendo Café preguiça: Nova Nespresso é controlada pelo smartphone

Samsung apresenta no Brasil Gear S2 Premium e Galaxy S6 edge na cor rosê

De olho nas tendências de moda, a Samsung Electronics, líder global em tecnologia, apresenta ao mercado a nova versão do Galaxy S6 edge na cor rosê e duas novas e elegantes edições do Gear S2 Classic, uma delas com revestimento em Rose Gold 18K e outra em Platinum. Com design fashionista e moderno, os produtos vêm para desafiar a percepção tradicional do consumidor, além de oferecer tecnologia de ponta para simplificar o dia a dia.

Continuar lendo Samsung apresenta no Brasil Gear S2 Premium e Galaxy S6 edge na cor rosê

Smartphone avançado LG G5 ataca de estrutura modular

Se há algo que a Mobile World Congress deste ano está nos ensinando é que há muito espaço para inovação. A Samsung não deve reinar absoluta com o S7 ou S7 Edge se depender da LG. O novo smartphone LG G5 vem com uma estrutura modular que permite remover parte do aparelho e substituir por outra com maior serventia para a ocasião.

Continuar lendo Smartphone avançado LG G5 ataca de estrutura modular

Smartphone HTC X9 se aproxima do lançamento

A fabricante taiwanesa HTC, conhecida pelos bons smartphones, publicou na rede social Weibo uma mensagem de Natal que sugere seu próximo smartphone seria realmente o HTC X9 (X-mas). Um incauto blog chinês publicou antes do tempo um Review sobre o futuro aparelho. E dezenas de outros sites confirmaram a configuração através do equivalente da Anatel chinesa. Já é uma prática “manjada” vazar algumas especificações antes do tempo. É claro que em alguns casos não é proposital.

Continuar lendo Smartphone HTC X9 se aproxima do lançamento

Vitrocerâmica é alternativa para tela dos smartphones

Um material vitrocerâmico transparente, de grande dureza e baixa densidade, com potencial para substituir os vidros comuns utilizados nas telas de tablets e smartphones ou os vidros blindados utilizados em veículos, edifícios e viseiras de capacetes: este foi o resultado de estudo desenvolvido por Leonardo Sant’Ana Gallo, doutorando em Ciência e Engenharia de Materiais da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).

Sua apresentação oral, “Correlation between crystallization, microstructure and mechanical properties of MgO-Al2O3-SiO2 glass-ceramics” (Correlação entre cristalização, microestrutura e propriedades mecânicas de vitrocerâmicas do sistema MgO-Al2O3-SiO2), foi premiada como uma das cinco melhores apresentações feitas por pesquisadores com menos de 40 anos, no 11th International Symposium on Crystallization in Glasses and Liquids (11o Simpósio Internacional sobre Cristalização em Vidros e Líquidos), em Nagaoka, Japão. Tal simpósio é uma das mais tradicionais e importantes reuniões científicas internacionais na área de vidros.

O trabalho apresentado foi produzido no âmbito da pesquisa “Propriedades mecânicas de vitrocerâmicas do sistema CaO-MgO- Al2O3-SiO2”, realizada na UFSCar, sob orientação dos professores Edgar Dutra Zanotto e Ana Candida Martins Rodrigues, e na Université de Rennes 1, na França, sob orientação do professor Tanguy Rouxel. Gallo contou com Bolsa Estágio de Pesquisa no Exterior (BEPE) da FAPESP.

“Devido às suas características – transparência, dureza e baixa densidade –, essa vitrocerâmica tem um grande potencial de aplicação. Com ela, seria possível, por exemplo, produzir smartphones com telas mais finas, o que contribuiria para a diminuição do peso dos aparelhos. Ou janelas à prova de balas mais leves e tão eficientes quanto as que possuem os vidros blindados atuais”, disse o pesquisador à Agência FAPESP.

Se atingida por um projétil, por exemplo, a peça se romperia, mas, ao romper, absorveria a energia do projétil, de modo que este não a atravessaria.

A vitrocerâmica é um vidro que passa por um processo parcial de cristalização. O vidro comum é um material amorfo, que não apresenta fases cristalinas. Já a vitrocerâmica possui formações cristalinas distribuídas pelo meio amorfo. “São as fases cristalinas que determinam suas características especiais”, afirmou Gallo.

Para obter a cristalização, a mistura de óxidos é submetida a dois tratamentos térmicos: um no patamar próximo de 700 graus Celsius e outro no patamar de 900 graus Celsius. “O interessante foi que conseguimos um material que continua transparente após a cristalização. Isso não é comum, nem fácil de se obter. Geralmente, após cristalização, os materiais ficam opacos”, acrescentou o pesquisador.

Edgar Dutra Zanotto, coordenador do Centro de Pesquisa, Educação e Inovação em Vidros (Certev, da sigla em inglês), um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) apoiado pela FAPESP , e orientador do doutorado de Gallo, detalhou o processo de obtenção da vitrocerâmica: “Quando o material é aquecido, sua estrutura molecular começa a se reorganizar, formando pequenos cristais distribuídos pelo meio amorfo. No caso em estudo, são cristais compostos – de magnésio, alumínio e silício –, como a cordierita, a safirina e outros. Suas características são definidas por três variáveis: composição química do vidro, temperaturas de tratamento e tempo de exposição a essas temperaturas. É possível controlar rigorosamente todas as etapas do processo, determinando, inclusive, o percentual do material a ser cristalizado para a obtenção do produto final de interesse”, informou.

Gallo prossegue seu doutoramento com bolsa FAPESP vinculada ao Certev: “Microestrutura e propriedades mecânicas de vitrocerâmicas do sistema CaO-MgO-Al2O3-SiO2 para proteção balística” . A pesquisa realizada já deu origem a um pedido de patente, depositada pela Agência de Inovação da UFSCar em 2013 e atualmente em análise pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). “Logo poderemos buscar parceiros, buscando colocação do produto no mercado”, concluiu o pesquisador.

 

Fonte: Agência Fapesp/EBC
Autor: José Tadeu Arantes